Restauração transcirúrgica de pré-molar com lesão extensa idiopática: relato de caso

André Luis Faria-e-Silva, Altair Soares Moura, Adalberto Miranda Silva, João Lima Rodrigues, Luciana Caldeira-Brant

Resumo


O objetivo deste artigo foi descrever um relato de caso de restauração transcirúrgica de extensa lesão de origem idiopática em pré-molar com invasão do espaço biológico. A paciente apresentava extensa lesão envolvendo as faces vestibular e proximais de pré-molar. Clinicamente observou-se a presença de dentina esclerosada e lesão que se estendia subgengivalmente. O paciente relatou que a lesão iniciou a menos de seis meses e nenhum dado da anamnese pode ser relacionado à progressão da lesão. Após anestesia, foi realizada incisão e rebatimento do retalho, sendo observado que a margem da lesão encontrava-se a menos de três mm da crista óssea alveolar. A osteotomia foi realizada seguida do posicionamento do isolamento absoluto. A restauração em resina composta foi realizada através da técnica incremental. Findada a restauração, o isolamento foi removido, realizou-se a sutura e o ajuste oclusal. Após uma semana, foi realizado o polimento da restauração. Nesse momento, o tecido gengival encontrava-se com coloração, textura e contorno normais. A abordagem multidisciplinar é de grande importância para o sucesso restaurador, sendo o aumento de coroa clínica muitas vezes necessária para possibilitar uma adequada restauração.

Texto completo:

PDF