Avaliação da configuração original e a situação atual dos fragmentos de Cerrado em Taubaté, SP

Ademir Fernando Morelli, Renan Monte Mór Guimarães, Júlio Cesar Voltolini

Resumo


O Cerrado é o bioma mais ameaçado do Vale do Paraíba. Apresentava originalmente 138.122,11 ha de Cerrado e em 2010 apresentava apenas 1436,47 ha (1,04%). Restam pouquíssimos remanescentes e fragmentos sendo fundamental a definição de áreas prioritárias para sua preservação e conservação. Para o município de Taubaté a configuração original do Cerrado não foi bem estabelecida e a condição atual dos remanescentes também é incerta, pois segundo dados do Instituto Florestal (IF) para 2010 tinha 341,9ha (3,36% da área original), mas os dados do IF, além de estarem desatualizados, apresentaram incompatibilidades na interpretação que superestimaram a ocorrência de Cerrado. Os objetivos deste estudo foram representar espacialmente a área original de ocorrência das formações vegetais de Cerrado nos municípios de Taubaté. Mapear as formações vegetais de Cerrado atualmente nos municípios de Taubaté. Caracterizar as formações vegetais de Cerrado em relação ao seu estado de conservação. Foram utilizados os métodos de mapeamento temático e de Avaliação Ecológica Rápida para a determinação do estado de conservação. Os resultados para as formações vegetais originais confirmaram que a formação de maior ocorrência era a Floresta Ombrófila Densa (FOD), com 64,45% da área do município, seguida da Savana Arbórea Aberta (SAA) com 27,83%, Floresta Estacional Semidecidual (6,30%) e Savana Gramíneo Lenhosa (SGL) com 1,42%. O mapeamento das formações vegetais de Cerrado registrou apenas oito fragmentos, sendo três de Savana Arbórea Aberta em estágio médio (SAAM), dois de SAA em estágio inicial (SAAI), um fragmento de Savana Arbórea Densa (SAD) em estágio médio e dois de SAA degradados. Considerando a área total de savana, em relação a área original da formação no município restam apenas 182,82 ha (0,28%). A maior contribuição deste estudo foi demonstrar a real criticidade do estado de conservação do Cerrado, que se nada for feito pode extinguir-se do município e de todo o Vale do Paraíba. O estudo espera contribuir para a formalização de políticas públicas para a preservação e conservação do Cerrado e seleção de áreas prioritárias para preservação.


Palavras-chave


cerrado, área original de ocorrência, mapeamento, estado de conservação, Taubaté

Texto completo:

PDF